Apesar de crise climática e preço achatado, agro cresceu 15% em 2023

O ministro da Agricultura e Pecuária, Carlos Fávaro, destacou o crescimento do setor em 2023 durante o lançamento do Plano Safra empresarial 2024/25. “Esse setor cresceu 15% em 2023, maior crescimento de todas as atividades econômicas do País, apesar de crise climática e preços achatados”, disse.

A nova edição do Plano Safra terá R$ 400,59 bilhões para as linhas de financiamento voltadas aos médios e grandes agricultores, 10% mais que na temporada passada. Fávaro destacou que essas mudanças são possíveis por mudanças praticadas pelo governo. “Quando assumimos o governo, tinha zero de investimentos’, disse, destacando o apoio do BNDES e a criação de linhas como a CPR dolarizada.

O ministro também destacou a preocupação ambiental do novo plano. Ele disse que é sabido que os produtores brasileiros adotam ótimas práticas em suas propriedades. Por isso, neste ano, o desconto nos juros por boas práticas ambientais será para todos os produtores. Ele também ressaltou que a recuperação de pastagens degradadas permitirá dobrar a produção sem derrubar nem uma árvore (Broadcast)

Related Posts

  • All Post
  • Agricultura
  • Clima
  • Cooperativismo
  • Economia
  • Energia
  • Evento
  • Fruta
  • Hortaliças
  • Meio Ambiente
  • Mercado
  • Notícias
  • Opinião
  • Pecuária
  • Piscicultura
  • Sem categoria
  • Tecnologia

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quer receber notícias do nosso Diário do Agro?
INSCREVA-SE

You have been successfully Subscribed! Ops! Something went wrong, please try again.

© 2024 Tempo de Safra – Diário do Agro

Hospedado e Desenvolvido por R4 Data Center